quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Diagnóstico e Receita


Um novo rosto.
A sua maneira de sorrir.
Você me oferecendo a última mordida do seu temaki.
Você cantando "janta" no meu carro.
Dizendo "não" pra Heineken, prefere Coca [...]


Eu perco o sono quando lembro do seu jeito.
Suas caretas bravas acompanhadas de sorrisos.
Sua boca quente, ora me beija, ora verbaliza, exclama, sorri, pede, dá.
Minha.
Só minha.
Tem a sua leveza proibida para menores de 18 anos.
Tem a sua coragem e suas vontades, típicas de quem tem 18 anos.
Pede as contas no emprego e me manda um torpedo dizendo para eu não brigar.
Como eu brigaria?
Ainda é cedo amor, mal começou a vida.
Deixa eu te mostrar aonde podemos ir?
Presta atenção, sua presença me faz bem.
Ver seus olhos negros brilhando me tranquiliza.
Mora em mim, as portas estão abertas.
Diagnostico: Vontade incontrolável de você por perto. Receita: Sua presença de 6 em 6 horas.

3 comentários:

Marcela Alves disse...

ahaha que lindo! *.* é tão bom quando isso acontece né..

Jair Gabardo. disse...

E são cada detalhezinhos bobos de quem se gosta que se fazem tão importantes e únicos. Singularidades do outro.

Lindo o que escreve! Abraço

R Linhares disse...

adorei a receita!
"Você é meu remedio tarja preta, só com prescrição"
;)