sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Fica feliz, que vai funcionar


Não é amor (ainda), mas é algo grande, verdadeiro e forte. Sinto verdade nas suas palavras, rio das suas palhaçadas, do seu humor inteligente, acho graça no seu sorriso. O seu olhar vem agregado de paz e desejo, e consegue me levar para longe.
Você acredita que compras no shopping podem ser realmente interessante? Acredita que podem, de repente, fazer você topar de frente com alguém que te faça bem? Eu acredito [...]

Em 2012 eu prometi para mim mesmo, 'levar a vida devagar pra não falta amor', Los canta assim e uma querida amiga  me orientou a fazer o mesmo.
Agora eu sei quem será o destinatário das minhas cartas, sei para quem eu vou mandar torpedos e e mail. Tudo sem muita melação, nada muito morno... sem tempero só nossa salada, conosco funciona na sátira, preferimos apimentar e fugir do clichê , conosco é na brincadeira, na tiração de sarro e muitos risos, 'kkkkk', 'uahsuhsauaush' e  'rs rs rs'.
E nosso sexo? Ahh, essa é a melhor parte. Sexo com amor é uma porcaria, dá sono! Nosso sexo é na vibe hard core, porque sexo bom é aquele sem carinho, aquele que rola um puta tesão na cama onde verbalizamos frases sem pudor,  vale tapas e também mordidas com força, mas essa última opção é somente em lugares, onde só você vai olhar a marca depois e se lembrar sorrindo de nós.
Que seja 'Como se fosse a primeira vez' todos os dias, como Drew Barrymore e Adam Sandler, que seja verdadeiro como Romeu e Julieta, que seja leve como 'dente-de-leão', que seja com bagunça como em 'Marley & eu', que sejamos ora amigos, ora amantes, bem 'Rachel e Ross de Friends'. Que seja do nosso modo, sempre meio-eu-meio-você. Te roubo um beijo com sabor de Stella Artois e abro o seu zíper, isso é o conteúdo exato da dose que eu preciso em 2012.

    7 comentários:

    Jú Sousa disse...

    Sexo com amor é uma porcaria, dá sono! Nosso sexo é na vibe hard core.

    Como sempre arrasando nos textos, arrasando na demonstração de sentimento e assumindo a realidade dessa vida maluca que todos nós levamos mais muito não se assumem.Engraçado que lendo este texto me encaixei perfeitamente nele, parece que fez mais pra mim do que pra você mesmo. E uma delicia quando encontramos alguém que teletransporta a gente pra outro mundo.

    Adorei !!!

    Marcela Alves disse...

    Que lindo Eder.. Ahuhau dei muita risada.. mais achei lindo, o maximo! Esses relacionamentos são sempre melhores e inesqueciveis!

    Que seja sempre assim, doce, doce, doce..!

    beeijos

    R Linhares disse...

    Que bonito!
    Stella Artois é puro romance baby!
    Por isso que eu amo a minha querida truth speaker Amy Winehouse:

    "Cause you're my fella, my guy
    HAND ME YOUR STELLA AND FLY
    By the time I'm out the door
    You tear me down like Roger Moore

    I cheated myself
    Like I knew I would
    I told you I was trouble
    You know that I'm no good"

    Eu acho que subestimei você.
    VOCÊ e não o seu texto, esse sim, nunca me decepcionou... rs
    Enfim, que seja doce!
    Bjs

    Christian V. Louis disse...

    Momentos assim são os únicos que valem realmente a pena.

    SilverLux (Éverton) disse...

    rsrsrsrsrs... rio gostosamente aqui. Adorei... descordo de certas partes; o sexo pode ser hard core com amor... vira potencia total... acredite! Bomba atômica fica no chinelo perto disso, rs!!!
    Adoro este espaço sempre... boa sorte no amor!

    RENATO VIDAL S. disse...

    eder muitas luas e sóis sem passar por este mundo, ao meu sexo sem amor é como uma rosa sem pétalas, você acabou de ficar com os espinhos, o amor é a magia, o amor é o sentimento mais nobre e belo, e graças eder nunca parar de escrever, nunca ok, um abraço:)

    O banquete de Edson disse...

    O antigo e o moderno, só poderia dar um texto pós-moderno como o seu. As nuances do amor tão bem colocados por vc. vlw