segunda-feira, 7 de maio de 2012

Curta metragem - Do lado de dentro

-Vamos jantar? 
-Você não prefere me jantar? 

E foi assim que você me ofereceu te jantar ao invés de jantarmos fora. E eu aceitei, óbvio. Tratei de colocar a Stella em algum lugar na porta do carro e saímos rapidinho de lá. 
Eu adoro o modo como você caminha, exibindo-a. Mexendo o quadril da forma que... 
Noite regada a Prosecco. O seu beijo mais gostoso do que de costume. Seu corpo mais meu do que de costume. Você quase implorou para eu não sair de dentro de você.

Um comentário:

Marcela Alves disse...

rsrs adoro isso. Voce fala da vulgaridade de uma forma tao doce.. faz parecer tão.. lindo.. \huah
beeijos